De olho no crescimento nas vendas de veículos no Brasil, especialista aponta qual o melhor momento para comprar seu carro novo

0

Apesar de todas as dificuldades trazidas pela segunda onda da pandemia do novo coronavírus no Brasil, a indústria automobilística vem conseguindo manter um bom ritmo de atividades. De acordo com dados divulgados no início do mês pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), a produção de autoveículos em abril superou em 34,2% o resultado do primeiro quadrimestre do ano passado, somando um total de 788,7 mil unidades, sendo 190,9 mil destas, somente no último mês. Um total que está 4,7% abaixo de março, mas num mês que teve três dias úteis a menos que o anterior. Números que, ainda de acordo com o relatório, se refletem também na venda de veículos, que apontam uma alta de 14,5% sobre os primeiros quatro meses de 2020, com 175,1 mil licenciamentos registrados. Um avanço de 214,2% na comparação com o mesmo mês do ano passado.

Os dados também reforçam as projeções feitas pela ANFAVEA, que estima para este ano crescimento de 15% nas vendas, 25% na produção e 9% nas exportações. Um cenário animador para os consumidores, que de acordo e, com, Thacísio A. Rio, CEO da Rios Assessoria, empresa especializada na análise de contratos bancários, a fim de encontrar valores abusivos, ressaltando que os consumidores devem estar sempre atentos há alguns pontos antes de conseguir ter em sua garagem o tão sonhado carro zero. Um dos mais importantes de todos, de acordo com o especialista, é a atenção ao mercado financeiro exterior, devido ao impacto de importação auferida pela TEC (Tarifa Externa Comum) que hoje chega a 35%.

“É muito importante ficar atento no mercado financeiro no exterior. Por que eu cito o exterior? Porque é devido a este mercado que temos o maior impacto nos valores monetários de cada modelo. Cito como exemplo recente o bloqueio do Canal de Suez, no Egito. Entre os dias 23 e 29 de março. É um dos canais mais importantes de passagens marítimas do planeta, cuja essa interrupção gerou atrasos para 369 navios cargueiros, entre os quais, há embarcações que transportavam veículos e autopeças. Esse atraso no fornecimento podem chegar a 10 dias”, exemplificou Thacísio.

Outro ponto que para o especialista não pode passar desapercebido são as taxas de juros para evitar cobranças abusivas. “Velha conhecida dos brasileiros, as taxas de juros estão presentes em qualquer transação que envolva crédito, seja para financiamento de veículos, empréstimos bancários ou caso não quite no prazo uma fatura do seu cartão. Na prática, elas representam o lucro que as operadoras de crédito terão, por isso, fazem parte do contrato e são esperadas. Contudo, em alguns casos, estes valores podem estar acima do que deveriam, e pode ser considerado como taxas extorsivas, já que estão acima do previsto pelo Banco Central”, explica dando a dica em seguida: “Sempre brigar pelas taxas de juros ao mês. Lembrando que o consumidor pode brigar pelas taxas junto ao seu gerente bancário, na maioria das vezes é melhor do que da agência de veículos”.

Thacísio, aliás, separou outras cinco valiosas dicas que prometem ajudar o consumidor na hora de comprar seu carro novo. Vejam a seguir:

1 – Comparar preço, analisando nas empresas credenciadas em vendas de veículos online e também nas lojas físicas.

2 – No ato da compra sempre pedir uma análise completa do veículo, que avaliem por exemplo: se o veículo é de leilão, se já foi batido ou se já teve mudanças de características (GNV).

3 – Tentar isentar o máximo possível de taxas extras como: I.O.F, Serviço de Terceiros, Registro de Contratos, Avaliação de bem usado, Seguro de proteção financeira, Seguro Prestamista, entre outros, essas taxas fazem a sua parcela subir ainda mais.

4 – Caso verifique qualquer dano no veículo desejado para a compra, não deixe para depois, solicite o desconto no valor da venda do veículo ou o reparo imediato.

5 – Não deixe de pedir todos os comprovantes e fotocópias dos documentos deixados e os assinados, e faça uma pasta de documentações para aquele veículo.

Deixe uma resposta

Nota antes do formulário de comentário