A idade não é mais o maior currículo dos Advogados

0

Aquela cena emblemática de um julgamento de um réu em um caso de grande repercussão.Os holofotes da imprensa voltados às falas dos promotores, normalmente enfáticas. O juiz com sua toga imponente tem a incumbência de intermediar os debates e depoimentos das testemunhas.

O advogado busca defender seu cliente, ainda que, muitas das vezes, pareça impossível traçar uma estratégia defensiva.Profissionais mais experientes, geralmente com muitos anos de júri, parecem ter maiores chances de sucesso. Os cabelos brancos trazem credibilidade e dão uma sensação de que o melhor será feito.

Mas isso tem mudado nos últimos anos. Alguns jovens e talentosos advogados têm rompido esse modelo, que quanto mais velho, melhor.O Advogado Jeffrey Chiquini é um bom exemplo disso. Advogado criminalista com escritório sediado em Curitiba no estado do Paraná, vem se destacando nos tribunais e chamando a atenção por seus resultados, inclusive em julgamentos contra tradicionais e consagrados promotores.

Advogado
Foto: Reprodução internet

Na operação Lava Jato, que ganhou notoriedade do Brasil inteiro, o Dr. Jeffrey Chiquini conseguiu a absolvição em 5 dos 6 processos em que atuou, quando ainda tinha apenas 24 anos.Hoje, aos 31 anos de idade, está entre os grandes nomes da advocacia paranaense.

Chiquini é tido como o nome da nova geração da advocacia criminal paranaense.Chiquini tem ganhado notoriedade e visibilidade pela forma combativa de atuar. Com algumas aparições nos veículos de comunicação, com vitórias em casos de repercussão, defendendo, inclusive, celebridades, tem firmado seu nome.

A idade não é mais o maior currículo dos advogados. A reputação dos profissionais e seus resultados tem sido o divisor de águas e o principal motivo de preferência dos clientes.Para Jeffrey Chiquini: “cada movimento do advogado criminalista deve ser bem pensado. Vence a melhor estratégia”.Chiquini diz atuar em todas as áreas do direito criminal, como em crimes de colarinho branco, mas sua grande paixão é o Tribunal do Júri.

Deixe uma resposta

Nota antes do formulário de comentário